quinta-feira, 13 de dezembro de 2012

VIDA DE CÃO 25 ou A qualquer hora...




Soda esteve doentinha esta semana e só agora começa a melhorar. Ver ela tristinha, sem energia, é de cortar
o coração a qualquer hora - até quando a gente precisa levantar às duas da manhã pra levar ela lá fora.

E... minha mãe conta que, quando eu era criança, era só ela dizer que iria fazer eu me sentir melhor que eu
tomava o remédio, fosse o que fosse. Nossa menina também faz assim. Eu chamo, ela vem direitinho, já
sabendo que é pra tomar o remédio que ela não gosta. "Obrigada, Girl!"

---

Numa outra nota, já contei que ela se assusta à toa? Com balãozinho de "Feliz Aniversário!" - preso na caixinha
do correio, balançando pra lá e pra cá - nem se fala!

Nesta época do ano, vira e mexe ela sai correndo... assustada com boneco de neve inflável, no quintal das casas
da vizinhança. Oh, Soda!

---

Te amo, Girl.
Melhora logo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário