quarta-feira, 27 de fevereiro de 2013

TE CONTEI? TEM FESTA AQUI NO BLOG!



Atualização:
Oi, cupcakes! Obrigada pelo feedback. Pelo que eu entendi, festa com tema fica bem mais divertida!
Então vamos fazer assim: na nossa link up party, toda quarta-feira, a gente vai falar de
TUDO O QUE A GENTE MAIS GOSTA, das nossas coisinhas preferidas!
Que tal? 
O tema para a próxima quarta-feira (06/03/13) e':
"O que você mais gosta na casa/apartamento onde você mora?"
Por dentro, por fora... 
Eu vou pensando por aqui, vocês por aí, e a gente se encontra na quarta, ok?
Bjs!

---

No post anterior, falei que tive uma idéia pro blog... "Então, Etienne, qual é a novidade?"


Seguinte. Já contei pra vocês o quanto eu gosto de Blogagem Coletiva e da oportunidade de interação que a gente ganha com cada uma delas. Pensando nisto, eu decidi começar uma festa semanal ("Link Up Party") aqui no blog! Escolhi a quarta-feira, que é o dia que fica ali pelo meio... entre o início da semana de trabalho e a animação pela chegada do final de semana.

Toda quarta, convido vocês a completarem a frase "Eu ........ porque ......... ." , da maneira que quiserem!

Exemplos:
- Pode ser algo que esteja ocupando o coração de vocês naquele dia.
- Pode ser algo que tenha acontecido durante a semana, algo que tenha acontecido num passado mais distante ou algo que vocês queiram que aconteça.
- Pode falar de assunto sério ou de algo engraçado!

Vocês podem apenas completar a frase ou escrever um texto.
Daí é só colocar o banner no seu post e colocar o seu link no post aqui do blog (abaixo).
Estão todos convidados! Ficarei muito feliz se vocês participarem.

---

E aqui vai a minha participação:
QUANDO A GENTE MORA FORA.



Eu , às vezes, me surpreendo... porque parece que os sentidos ficam mais aguçados, olhos e ouvidos ficam mais sensíveis, atentos à tudo o que é brasileiro... quando a gente mora fora do Brasil!

Por exemplo, eu consigo identificar pessoas falando Português em lojas, restaurantes... e elas nem precisam estar muito próximas. Digo pra marido: "Aquele casal está falando Português." Ele: "Onde?" Eu: "Lá, naquela mesa!" Quando aparece alguma notícia na tv, mesmo que eu esteja ocupada pela casa, sai um: "Brasil o quê?" E a bandeira brasileira, então? Pode ser pequenininha, numa camiseta, ou estar no vidro do carro que passa ao lado, nas estradas dessa Vida... que eu vejo.

E morar fora, às vezes, põe a gente em cada situação... rsrs. Quando tem brasileiro por perto, falando algo particular ou algo que a gente não precisava estar ouvindo, eu quase peço desculpas por estar participando da conversa sem querer... mas não dá pra não entender Português, certo? Quando é algo engraçado, no entanto, adoro a carinha de surpresa da outra pessoa quando me vê sorrindo - e, muitas vezes, rola uma conversa interessante e bem agradável!

Aproveito pra agradecer a visita de todos os leitores espalhados por este mundão... Estados Unidos, Alemanha, Portugal, Rússia, Inglaterra, Espanha... Obrigada, pessoal!

BLOGGING: SEMELHANÇAS E MUDANÇAS




Tenho assistido a cerimônia de entrega do Oscar desde que eu me lembro - e no último domingo, claro, foi o que eu fiz! Mas este ano, com o BLOG, eu fiquei pensando nas semelhanças... entre todos eles lá e a gente aqui, ali, acolá, pelo mundo... escrevendo os nossos blogs.

Eles fazem daquela noite um momento especial, quando todos se encontram pra celebrar a criatividade, as histórias que foram contadas e compartilhadas através dos filmes e documentários. Inspiração que receberam. Idéias que nasceram... e que foram soltas no mundo! Pro mundo!

E não é mesmo isto que a gente faz por aqui, com cada post? A diferença é que a gente pode fazer tudo de pijamas... e não ganha milhões... rsrs.

Adendo: Finalmente parei pra fazer umas mudanças aqui no blog. Passei umas coisinhas pra esquerda, adicionei outras à direita. Coloquei vocês - cupcakes! - no meu blogroll. E, aproveitando toda a boa energia da arrumação, tive uma idéia pra fazer uma festa semanal ("link up party") aqui no blog, pra gente se divertir!

Conto os detalhes no próximo post...

terça-feira, 26 de fevereiro de 2013

DE BOTAR NA BOLSA!


Eu adoro bolsa. Entre bolsa e sapato, dependendo da bolsa... é ela que eu escolho. Em loja de aeroporto principalmente, eu tento nem olhar muito, não prestar muita atenção - que é pra não adorar nenhuma. Rsrs.
Sendo que, ela pode ser linda e maravilhosa... mas se a alça ficar caindo do ombro, meu interesse já vai acabando. Questão de gosto, I guess!

E lembrei de comentar sobre algo que coloquei na bolsa e que tem sido útil: uma necessaire transparente. (A que eu tenho usado veio com um conjunto de quatro frasquinhos de creme que comprei.) Um lugarzinho ótimo pra guardar recibo, lista, bala pra garganta... e o que mais for preciso encontrar de maneira mais imediata.

A gente se fala!

segunda-feira, 25 de fevereiro de 2013

FAMILIAR E DESCONHECIDO




Pensando alto por aqui... Tantas pessoas e lugares nos são familiares, não é mesmo? Nossa família, nossos amigos. O lugar onde a gente mora. A escola. O trabalho. Mas, de vez em quando, vem a vida e muda tudo. Às vezes ela nos desafia a fazer a mudança. Às vezes ela nos empurra... rsrs. Às vezes ele faz isso de qualquer maneira, sem pedir ou esperar, a gente queira ou não queira! Às vezes é difícil. Às vezes causa um tremendo desconforto.

E tem esta música, "Home", a qual conheci durante os Jogos Olímpicos e que continuo ouvindo em shows e programas, por aqui. Cada vez que eu a escuto, me faz bem! E, cada vez, ela me leva para o mesmo lugar: me faz pensar em tudo o que é familiar e nos momentos em que o que nos é familiar deixa de ser. Me faz pensar no desconhecido. Medo, coragem, confiança. Mudanças e escolhas.

Eu me lembro logo que cheguei aqui, quando me mudei para os EUA - uma mala na mão, o amor do meu marido (então noivo) e só. Quase tudo e todos eram desconhecidos. Foi minha a escolha e foi difícil no começo. Mas aqui estou! Aprendi tanto! É tal qual na letra da música, penso eu. Seja pelo que for que estejamos passando, não estamos sós ("Just know you're not alone") - e é permitido pedir e receber ajuda! E quando decidimos enfrentar a tempestade, o desconhecido... confiando e seguindo em frente... em algum momento, tudo fica claro ("it'll all be clear"). Se nos perdermos no caminho, podemos ser encontrados ("If you get lost you can always be found."). É ficar atento e confiar.

E cada vez que sentimos o desconforto, mas aceitamos o desafio mesmo assim e decidimos seguir pela estrada desconhecida, ganhamos a oportunidade de nos conhecer melhor, de aprender e CRESCER. E nos damos a chance de descobrir que, depois de algum tempo... tudo há de se tornar familiar outra vez!




terça-feira, 19 de fevereiro de 2013

EU APENAS QUERIA QUE VOCÊS SOUBESSEM...





BLOGGING: CRIANDO UM POST


Então pessoal, como é que vocês escrevem seus posts? Não sei... mas vou compartilhar com vocês o que tem funcionado pra mim.

Eu li há um tempo atrás que, quantas vezes a gente lê o texto que escreveu, quantas são as vezes que a gente pode querer mudá-lo. Uma palavra aqui, outra ali. Eu já fiz assim, mas não faço mais.

Quando tenho uma idéia para um post, primeiro eu escrevo tudo o que me vem à cabeça, sem muita edição. Às vezes o texto vem todo de uma vez, outras vezes em blocos.

Daí, eu começo a colocar tudo em ordem, cortar palavras em excesso, substituir umas por outras que expliquem de maneira mas clara o que eu quero dizer. E quando fico satisfeita com o resultado, eu gosto de "dar um tempo" antes de publicar. Escrevo à noite, espero até o dia seguinte. Escrevo pela manhã, espero até a tarde... porque sei que uma ou outra frase vai aparecer pra fazer o texto ficar completo. Depois disto, é ponto final e pronto. Contada a história! Raras as exceções... eis o meu processo!

segunda-feira, 18 de fevereiro de 2013

NOSSOS MOMENTOS: APRENDENDO JUNTOS!



Então! Como vocês provavelmente já sabem, meu filho é bilíngue. Eu falo com ele em Português desde que ele nasceu e ele entende o idioma perfeitamente.

Respostas, no entanto... Na maioria das vezes ele me escuta dizer algo em Português e responde em Inglês - pela convivência com as outras pessoas que não falam o Português. Outras vezes, sai um pouco dos dois, misturado. Às vezes a palavra sai com um som meio diferente, mas não é claro pra mim se é algo natural, de criança que está aprendendo a Língua... ou se é porque ele está aprendendo um segundo idioma. Estamos aprendendo juntos! E, ao mesmo tempo, eu o ajudo a reconhecer palavras e tempos verbais em Inglês.

Eu deixo ele aprender as duas Línguas no ritmo dele. Meu objetivo é conseguir fazer com que ele entenda que aprender Português é importante. Para que ele possa se comunicar, sem se sentir excluído. Para que ele possa experimentar tudo EM PRIMEIRA MÃO.

E a novidade dos últimos dias é que ele tem me respondido usando mais e mais palavras em Português! (E, cada vez que acontece, me traz um sorriso!) Agora, além de 'Mommy' e 'My Mommy', quando eu digo "Boa noite, filho.", ele me responde "Boa Noite, Mamãe." Tão lindo. E quando eu pergunto "Achou, filho?", ele diz "Achei!", seguindo a gramática direitinho.

"Filho, mamãe sempre fala com você em Português. Sabe por quê? Porque é importante. Importante pra você poder se comunicar com a vovó, com toda a nossa família e com todos os que estão no Brasil - e para que eles possam se comunicar com você. Lembra quando a gente esteve no Rio? Mamãe ficou tão feliz em ver você interagindo com todo mundo, entendendo tudo!

Obrigada por me ajudar a ensiná-lo a importância de você ser bilíngue. Pra que você possa conhecer pessoas, ouvir as histórias, participar... POR SI MESMO. Ter as suas próprias impressões. É algo seu, por direito. 
É importante que eu lhe ensine e que você aprenda. É importante que eu explique e que você entenda.

Sigamos juntos, aprendendo! Obrigada, filho. Te amo. Sua mãe."


***
Este post faz parte da Blogagem Coletiva do Recanto das Mamães Blogueiras.
Para ler o post dos demais participantes, por favor, clique aqui.




quarta-feira, 13 de fevereiro de 2013

FALANDO DE AMOR!



De volta, pessoal! Espero que todos tenham se divertido bastante. Amanhã, por aqui, será Dia dos Namorados! O que me deixa pensando nas músicas que falam de histórias de amor... gosto de tantas! De todos os tipos - que eu sou casada e feliz, mas também já sofri por amor no passado. E quem não, right? (Como diz o Rei: "Se chorei ou se sorri, o importante é que emoções eu vivi." Sinal de que se está vivo e aprendendo!)

Quem não sabe do que a Adele está falando em Someone Like You, ainda pensando em alguém que já passou pra outra há muito tempo? Ou do que canta Katy Perry em Wide Awake, contando sobre desapontamento, sobre juntar os cacos e finalmente seguir em frente? Ou do que contam as canções exageradas... falando que o Sol não vai mais brilhar e que o mundo acabou! Sei, sim.

Mas a música que eu adoro de montão é aquela do Aerosmith / I don't wanna miss a thing, falando sobre quando o amor inunda a gente... e tudo é mágico e especial... e a gente quer aprender tudo sobre o outro e não perder nada, nem por um momento!

I don't wanna close my eyes
I don't wanna fall asleep
Cause I'd miss you, baby
And I don't wanna miss a thing

Eu não quero fechar meus olhos
Eu não quero pegar no sono
Porque eu sentiria sua falta, baby
E eu não quero perder nada


Estar apaixonada(o), sentir tanto amor pela outra pessoa é mesmo algo especial e mágico. Eu me lembro que, desde que conheci meu marido, eu queria poder dizer que "o conhecia há mais de dez anos". Talvez porque significaria que tudo teria dado certo, que eu saberia muito mais sobre ele e que teríamos caminhado juntos pela Vida! E, que maravilha, foi o caso... Tudo deu certo e, onze anos depois, aqui estamos!

"Happy Valentine's Day, Hub! I love you so much."

segunda-feira, 11 de fevereiro de 2013

RECADO


... até quarta-feira, quando retornaremos ao ritmo normal. Bom carnaval para todos!
Quem não curte o carnaval, espero que encontre algo divertido e interessante pra fazer também.
 Bjs e a gente se fala!

quarta-feira, 6 de fevereiro de 2013

PRA FAZER LIVRO INFANTIL




Se vocês encontrarem um tecido bonitinho, que gosta de criança... podem transformar em livro infantil,
como estes que o Michael ganhou de uma querida amiga minha!

O menor tem frases que contam das aventuras do ursinho:




E o outro - mais avançado - pergunta sobre cores e números:


Idéia linda!

E, como ele já decorou os dois, quando ele pega...
Parece mesmo que está lendo os livrinhos sozinho!


terça-feira, 5 de fevereiro de 2013

EM PRIMEIRO LUGAR... E EM SEGUNDO!

(Fonte)

Primeiro de tudo, eu gostaria de agradecer aos novos seguidores e leitores que chegaram por aqui nestes últimos dias! Muito obrigada pelo interesse, pelo carinho e pelo apoio. Bjs pra vocês, cupcakes!


***

Em segundo lugar, falando em apoio...

(Fonte / Site Oficial da Cantora)

Semana passada, Beyoncé participou da cerimônia de inauguração do presidente e escolheu utilizar a versão do hino nacional que havia sido pré-gravada. Como se não houvesse nada mais importante acontecendo pelo mundo... algumas pessoas, programas e shows resolveram criticar a decisão profissional da moça, como se duvidando que ela pudesse cantar ou como se ela tivesse dado uma de Milli Vanilli! (Pra quem não se lembra ou não sabe - detalhes aqui - eles utilizaram vozes alheias.) A cantora então, resolveu acalmar a galera... cantou, dançou e abalou - vídeo aqui - durante o intervalo da decisão do campeonato de futebol americano, no Domingo. Dúvida nenhuma!

Quê?
Tô parecendo fã?
Claro que estou!
(Rsrsrs).


***

A gente se fala.


segunda-feira, 4 de fevereiro de 2013

NOSSOS MOMENTOS: A CONVIVÊNCIA


Meu menino, vira e mexe, posiciona os brinquedos de uma forma tão criativa que eu até tiro foto, por achar o momento tão bonito.  E, às vezes, eu mexo e troco de lugar, se for preciso. Outro dia, eu ri comigo mesma, enquanto arrumava uns brinquedos dele... e falei pra marido: "Esse, é melhor eu deixar aqui... senão, pela manhã, a primeira coisa que ele vai me perguntar vai ser quem mexeu e mudou de lugar!" - já sabendo qual seria a reação do pequeno.

E fiquei pensando nos simples momentos que vivemos juntos - pais e filhos. O presente da convivência diária, que nos permite conhecer e reconhecer os nossos filhos.

Quando bebês, a gente aprende a reconhecer o choro. Quando começam a dizer as primeiras palavras, aprendemos a entender tudo o que eles falam, ainda que não seja claro pra nenhuma outra pessoa! Quando eles precisam se afastar da gente, bate uma preocupação... como no primeiro dia do Michael na creche, por exemplo. Lá estava eu, tentando explicar pra professora TUDO o que eu havia aprendido sobre a personalidade do meu filho, os gostos e as reações, em um breve encontro. E ainda hoje, quatro anos depois, em situação similar, eu me pego tentando...

Os pequenos momentos que se somam, dia após dia, transformam-se em conhecimento profundo e reconhecimento imediato!

E, no caminho inverso, eles aprendem sobre nós! Michael diz pra mim e para as outras pessoas: "That's how my Daddy does." / "É assim que o meu pai faz." Pro pai, de vez em quando, eu escuto ele falar: "Just like Mommy." / "Igual à mamãe."

A convivência é um presente tão maravilhoso!
Sou grata, aproveito e aprecio.
Obrigada.


***

Este post faz parte da Blogagem Coletiva do Recanto das Mamães Blogueiras.
Para ler o post dos demais participantes, por favor, clique aqui.




sexta-feira, 1 de fevereiro de 2013

PELA CASA E PELO MUNDO


Pela casa, se vocês viessem me fazer uma visita nestes dias de inverno e frio, iriam poder sentir o cheirinho de hot chocolate se espalhando por aqui... Huuum! Adoro. Pra compartilhar com vocês, pelo mundo, eu encontrei:

- Ser mulher. Ser mãe. Adorei este texto!
- Gente, que eu achei uma gracinha este gancho-flor.
- Olha só esses dois... uma fofura!
- Um soldado, no Afeganistão, entrou em contato com a pizzaria favorita da esposa (na Flórida), porque queria fazer uma surpresa pelo aniversário dela. Sem que ele pedisse, os funcionários da pizzaria fizeram uma pizza no formato de coração (aqui) e ainda passaram no supermercado pra comprar flores e balão. A gentileza é mesmo uma coisa LINDA!

Tenham todos um maravilhoso final de semana!!!