segunda-feira, 22 de abril de 2013

MENINAS, FILHAS, MÃES, MULHERES

Eu tenho visto na tv uma campanha que conta que 5 em cada 10 meninas param de fazer atividades que elas mais gostam por que se preocupam com a aparência... WHAT???


(E, essa semana, vi uma nova - aqui - que fala de um experimento social feito com sete mulheres e de como elas viram em si mesmas defeitos que outras não viram.)


Meninas que viram mulheres, que criam meninas... O que andam elas ouvindo - e o que andam dizendo pra si mesmas?? Alguém, por favor, traga algo de BOM, POSITIVO e PRODUTIVO pra esta conversa!


- Lembrei das belas palavras da poeta Sara Kay (falei dela aqui / "Se eu tiver uma filha" - TED vídeo, com tradução em Português, AQUI).  "... Mas eu quero que ela saiba que este mundo é feito de açucar. Pode se esfarelar tão facilmente, mas não tenha medo de esticar a língua e experimentá-lo." (Sara Kay/"B"/TED Talks)


- Lembrei também da música da Pink, "F**ki' Perfect" (Pra quem clicar no link da música, abaixo, aviso que é versão explícita/ letra aqui.) e do texto que escrevi há um tempo atrás, uma conversa com a Bella...

------




"Hey, Bella*!

Eu ouvi essa música da Pink e pensei em você. Pensei em mim também e nas vezes em que achei que o que eu tinha pra oferecer não era suficiente, quando era.

A gente se liberta quando começa a aprender sobre si mesma e sobre o que de melhor podemos ser e fazer neste mundo! Quando a gente começa a se ouvir e as dúvidas começam a desaparecer. Quando a gente começa a enxergar a beleza que sempre esteve presente, desde o início. 

E eu me lembrei de você, com seus olhinhos... boca e nariz descoloridos pelo tempo, antigos... e de como você é linda e perfeita pra mim bem assim!

Tantas conversas nós já tivemos, sobre tudo.
Escolhas. Mudanças. Aprendizados.
Conversas sobre sonhos, grandes e pequenos.
Você esteve presente nos momentos mais difíceis, chorou e sorriu junto.
Eu sou grata por ter você comigo por todos estes anos.

Obrigada por me ajudar a crescer.
Obrigada pela sua companhia.
Pelo seu amor, não importando o que aconteça, nem quando.
Eu também te amo!"


*Isabella é minha amiga querida de muitos anos. Eu a chamo de Bella. Minha madrinha me deu de presente quando eu tinha 8 anos. 



3 comentários:

  1. Vou voltar mais tarde porque quero assistir ao TED antes.
    Beijo

    ResponderExcluir
  2. Etienne, talvez falte às meninas uma boneca como a tua Bella, ou uma Emília saída da saia da tia Nastácia, ou uma qualquer outra boneca de pano.
    Ou talvez estejamos precisando de mais poesia falada, experimentar esse açúcar que esfarela mas que também adoça o viver.
    Adorei o vídeo.
    Beijo

    ResponderExcluir
  3. Nossa, acredita que eu chorei com o outro comercial da Dove (das mulheres)? rs
    Sei lá, me emocionei e constatei que é vdd, que fazemos aquilo com a gente, né!
    Uma ótima semana!
    Bjns
    :)

    ResponderExcluir